linguagem corporal

A maioria dos profissionais não tem a devida noção que hoje o cliente quer alguém que o ajude a resolver a sua dor, os seus problemas, e quanto antes você se conscientizar que você não deve abordar um cliente unicamente com intuito de vender, e sim de ajuda-lo a resolver um problema, mais cedo você terá sucesso nesta área. E a linguagem corporal ajuda neste processo, mas como?

É fundamental no mundo dos negócios e na arte das negociações você criar empatia com as pessoas que você encontra e com as quais você irá tentar vender o seu produto ou serviço, pois na verdade você irá encurtar o caminho na arte da negociação e ser capaz de resolver o problema do outro com mais facilidade e consequentemente vender mais. E a linguagem corporal tem o poder de criar empatia. Com isso, você consegue mostrar se preocupar com a dor do seu cliente e, consequentemente, vender mais.

Pensando em te ajudar neste processo com a linguagem corporal, preparei alguns passos fundamentais para facilitar o teu caminho rumo ao sucesso com seus clientes.

Veja nove passos de como criar empatia com a linguagem corporal

  • Olhe sempre nos olhos: O contato visual transmite confiança, atenção e verdade. Fugir do contato visual pode transmitir hesitação, falta de confiança e enfraquece suas chances de conseguir persuadir seu cliente.
  • Se vista adequadamente: Meu conselho é que você se vista para a sua empresa, de acordo com o que para ela é prioridade, optando sempre pela discrição. Se você quiser ser levado a sério, precisa atentar para a vestimenta pra poder gerar confiança nas pessoas.
  • Ao cumprimentar sorria sempre e use um aperto de mão firme e amigável: Dê preferência, tome a iniciativa, sorria e dê a mão apertando com firmeza, mas não com força demais, muito menos um aperto de mão mole. Tanto firmeza demais quanto um aperto mole demais pode ser o início de uma negociação mal sucedida.
  • Gesticule: Fale usando as mãos para dar ênfase àquilo que você quer pontuar como sendo pontos a favor em relação ao seu produto/serviço, e use somente nestes momentos, caso contrário pode parecer que você está ansioso;
  • Mostre-se confiante: Tenha conhecimento do seu produto/serviço e dê um show nas explicações e argumentações;
  • Tenha uma boa postura: Isso mostra confiança. Caminhe de forma ereta, cabeça reta, ao sentar, sente-se de forma ereta, com as costas apoiadas na cadeira os ombros para trás e os pés apoiados no chão. Você pode se inclinar para afrente sinalizando que está interessado e presente na conversa. Nunca cruze os braços.
  • Saiba ouvir com atenção e cuide do seu tom de voz: Ouvir é uma arte, e todo bom vendedor deve primeiramente saber ouvir, descobrir as dores e somente depois fale de maneira correta, com voz suave, mas firme ao mesmo tempo, enfatizando com mais ênfase algumas palavras pra criar um efeito de confiança;
  • Crie rapport: sua linguagem corporal diz muito sobre você. É a maneira de você combinar a sua energia com a da outra pessoa e criar mais empatia com o outro. Quando puder, imite os gestos do outro sem parecer que você está zombando dele, espere uns segundos e faça a técnica do espelhamento, imitando o gesto que ele acabou de fazer de maneira discreta.
  • Lidere: Tome a iniciativa desde o cumprimento até o fechamento da venda, isso demonstra segurança e iniciativa de sua parte.

A arte da negociação exige treino, iniciativa, aprimoramento e busca constante em aprendizado e novas técnicas. Invista em você, no seu autoconhecimento, nas suas habilidades, em sua linguagem corporal e na sua imagem pessoal. Essas características com certeza farão a diferença em sua ascensão profissional.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *