empoderamento feminino

Atualmente, há um assunto que tem tomado cada vez mais força, principalmente entre as minorias: empoderamento feminino. O seu significado tem inspirado as pessoas a se colocarem à frente de situações em que seriam inferiorizadas. O ato de se empoderar é não aceitar ser menos que você é, além de ter consciência que todos têm o direito de existir e exigir respeito.

Um grande exemplo disso é o movimento de mulheres que recusam a classificação e o tratamento como objetos e desejam ter o poder de escolha. Esse empoderamento é importante tanto para a mulher quanto para a sociedade como um todo.

Por isso, é hora de entendermos o significado de empoderamento feminino. Venha comigo para falarmos sobre a relevância desse movimento!

O que significa empoderamento feminino?

O empoderamento feminino é uma forma de a mulher resgatar o poder sobre si. Consiste em buscar ações que garantam a sua posição na sociedade e recursar ser banalizada ou excluída.

Ao se empoderar, a mulher dá um grito de liberdade e toma os seus direitos, participando ativamente de discussões políticas, econômicas e sociais.

Por que devemos falar sobre isso?

Quando você conhece o significado de empoderamento feminino é possível dar um basta em como a sociedade ensina as crianças o tipo de adulto que devem se tornar. Esse ensinamento tóxico de que um grupo de pessoas está acima de outro não ajuda em nada a resolver os problemas que enfrentamos.

É preciso falar sobre isso urgentemente e quebrar esse ciclo — e posso afirmar que o empoderamento feminino é crucial. Quer saber o motivo? Veja por que devemos ter essa conversa!

Desigualdade de gênero

A desigualdade de gênero está enraizada em nossa cultura e pode ser vista nitidamente no âmbito profissional. Trabalhos taxados como masculinos discriminam as mulheres e dificultam que elas se insiram nesses ambientes, mesmo com a qualificação educacional e a experiência necessárias.

Mesmo as que entram no mercado sentem essa desigualdade. Você já deve ter passado por essa situação ou conhecer uma mulher que descobriu que o colega que exerce a mesma função ganha um valor superior, apenas por ser homem.

Além da diferença salarial, há alguns obstáculos para subir na carreira, já que os homens recebem mais promoções e oportunidades.

Violência contra a mulher

A violência contra a mulher tem estampado os noticiários e, em sua maioria, acontece dentro de casa, pelo próprio companheiro. E ela se manifesta de várias formas: pode ocorrer por abuso verbal, físico, sexual ou psicológico.

No Brasil, houve um aumento de 255% nas notificações de violência contra mulheres pelo SUS entre 2011 e 2018, com um total de 1.282.045 casos. Esses números são apenas os registrados, já que ainda existem as mulheres que têm medo de denunciar ou são coagidas.

O feminicídio é um crime que aumenta a cada ano: em 2017, foram cerca de 13 assassinatos por dia. É por isso que afirmo que se empoderar e falar sobre isso é necessário até por uma questão de segurança.

Rótulos criados pela sociedade

Quantas vezes você já ouviu que não podia fazer alguma coisa por ser mulher? Isso é fruto de uma sociedade que criou rótulos para as mulheres, mas que deixaram de ser válidos.

São diversas as expectativas que a mulher foi obrigada a preencher, durante séculos: que deve se casar, deve ter filhos, não pode fazer faculdade, deve usar determinada roupa, entre outras.

Há uma luta feminina crescente para que eu, você e todas nós possamos trilhar nossos próprios caminhos. A mulher pode e deve ser quem ela quiser, assim como ocupar o lugar que desejar, ter suas opiniões e poder falar sobre elas.

Quais são os 7 princípios do empoderamento?

A ONU Mulheres enxerga o quanto é essencial o significado de empoderamento feminino. Afinal, com liberdade e respeito para participar das decisões sociais e da economia, há uma maior qualidade de vida para as mulheres, homens e crianças.

Assim, foram criados 7 princípios que servem como um guia de medidas que visam ao empoderamento das mulheres e a equidade de gênero. Veja só:

  1. estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível;
  2. tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação;
  3. garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa;
  4. promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres;
  5. apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres por meio das cadeias de suprimentos e marketing;
  6. promover a igualdade de gênero por meio de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social;
  7. medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

Entender o significado de empoderamento feminino e debater sobre o tema ajuda a melhorar a sociedade e a tornar as pessoas empáticas e capazes de respeitar e incluir o próximo. Agora que você descobriu a importância dessa conversa, comece a trabalhar a autoconfiança e aprenda a se posicionar. Seja a mudança que você deseja para o mundo e inspire todas ao seu redor!

Que tal compartilhar este post nas suas redes sociais e iniciar uma conversa saudável sobre o tema?