empreendedorismo-jovem

Com mais tempo livre e ideias inovadoras, os jovens entre 18 e 24 anos têm se aventurado, cada dia mais, em criar suas próprias empresas — é o chamado empreendedorismo jovem. Estima-se que cerca de 7 milhões de brasileiros nessa faixa etária já tenham seus próprios empreendimentos.

Em 2018, os jovens ultrapassaram em porcentagem os empreendedores inicias com 25 a 34 anos, tornando-se a faixa etária com mais importância em novos negócios.

Mas, afinal, o que é preciso para se destacar e ter sucesso na área? Neste post, reuni algumas dicas para quem deseja se aventurar em seu próprio negócio. Ficou curioso? Então, continue a leitura.

Tenha foco

Antes de qualquer coisa, é preciso ter muito planejamento e foco para empreender. A liberdade de tomar suas próprias decisões, muitas vezes, acaba fazendo com que o jovem se perca em meio a tarefas que precisam ser realizadas.

Por isso, é importante ter foco, definir prioridades e se organizar para conseguir realizar tudo o que depende, exclusivamente, de você. Tenha em mente que a abertura de uma empresa requer dedicação total e que, pelo menos no início, pode ser preciso trabalhar cerca de 12 horas por dia.

Escolha a área em que deseja atuar

Ter um nicho bem definido também é importante, para que você consiga se comunicar de forma mais eficiente e se especializar na área proposta. Ao dominar bem o seu nicho e conhecer tudo sobre ele, fica mais fácil detectar problemas, bem como criar serviços e produtos que tragam uma solução real. Além disso, quanto menos abrangente for a sua área, mais fácil será para se destacar dentro dela, como uma verdadeira autoridade no assunto.

Conheça o seu público-alvo

Muitas vezes, acreditamos que uma ideia é superinovadora e disruptiva, mas, ao avaliar bem o cenário de nosso público-alvo, acabamos descobrindo que não existe demanda para ela no mercado.

Assim, antes de investir tempo e dinheiro em uma ideia, é fundamental estudar quais as necessidades do seu público para oferecer soluções certeiras. Para isso, recorra a pesquisas de mercado, estude a concorrência e fique antenado em tudo o que é postado a respeito do seu nicho nas redes sociais.

Tenha uma boa rede de relacionamentos

Não é porque você deseja empreender que precisa fazer tudo sozinho. Conversar com outras pessoas que passaram pelo processo pode ser de grande ajuda, para que você entenda, na prática, tudo o que é preciso para construir uma nova empresa.

Além disso, faça cursos, busque conhecimento e troque experiências nas mais diversas áreas. Você vai precisar lidar com muitos assuntos, desde fluxo de caixa até marketing e gestão de pessoas. Sendo assim, quanto mais apoio você tiver, melhor.

Busque auxílio de um coach de branding e carreira

Você talvez nunca tenha pensado nisso, mas um estrategista em personal branding e carreira pode ser o profissional ideal para ajudar você a conquistar mais reconhecimento e oportunidades em seu novo negócio. Por isso, vale a pena conhecer um pouco mais sobre esse tipo de profissional.

O empreendedorismo jovem vem tomando cada vez mais força no Brasil, com ênfase nas áreas de tecnologia e prestação de serviços. Apesar de as mulheres ainda serem minoria, esse número também vem aumentando e criar seu próprio negócio se tornou uma excelente solução, principalmente para que mães solo consigam administrar a economia familiar.

Gostou do post? Curta minha página no Facebook e fique por dentro de mais conteúdos como este.