Para que uma empresa possa crescer de forma sólida, precisa investir na capacitação profissional de seus recursos mais valiosos: seus colaboradores.

Com isso, ela garante um capital intelectual e inovador capaz de produzir soluções mais eficientes, criar relacionamentos mais relevantes com seu público e, tudo isso, trabalhando de forma engajada e em alta performance.

Quer saber como chegar nessa fórmula perfeita de aprendizagem e desenvolvimento profissional do seu time? Vou te contar de forma bem prática neste post. Confira.

Conheça bem seu time e quem são seus integrantes

Um time é formado pela combinação de profissionais que devem se complementar para atingir determinado objetivo, certo?

Então, é preciso conhecer detalhadamente quem são essas peças, como essa engrenagem funciona, e, principalmente, o que pode ser considerado o combustível individual de cada elemento.

Ou seja, conhecer o time é primordial para saber como direcioná-lo, mas o que o fará verdadeiramente eficiente serão os incentivos e capacitações escolhidas de forma individual para cada um de seus integrantes.

Seja um exemplo a ser seguido

As vivências e influências vividas no ambiente de trabalho são tão importantes quanto o modelo tradicional de aprendizado de cursos e treinamentos, e, nesse sentido, os líderes são grandes exemplos e inspirações para o restante do time.

Um líder deve valorizar o aprendizado contínuo e ter isso enraizado em sua marca pessoal. Além de fortalecer sua autoridade e conhecimentos técnicos, esse posicionamento também inspira e desafia seus liderados a fazerem o mesmo.

Potencialize suas habilidades

As habilidades de um indivíduo são o que permitem que ele execute determinada tarefa ou função, certo? É diferente de competência, que é mais abrangente e envolve outros conhecimentos e as atitudes de quem executa.

Assim, se falamos sobre capacitação profissional, devemos focar na potencialização das habilidades, pois elas são as ferramentas indispensáveis para o desenvolvimento dos profissionais.

Conheça os tipos de motivação que podem ser usados na capacitação profissional

Existem motivações extrínsecas e intrínsecas, sendo que as primeiras são aquelas que trazem recompensas e valorizações externas, como ganhar um prêmio, ser destaque no aprendizado. São muito utilizadas, por exemplo, em plataformas de conhecimento que usam a gamificação como meio de promover o engajamento com o treinamento.

A gamificação, neste caso, é a transformação da evolução dos treinamentos em um jogo que tem, além de regras para se dar bem e recompensas pelo bom desempenho, motivações extrínsecas, como pontuações em rankings, medalhas e prêmios.

Já a motivação intrínseca está associada aos valores, necessidades e propósitos de cada indivíduo. Se ele sente que, ao concluir um treinamento, estará contribuindo para a empresa que ele acredita e defende, aquela capacitação terá muito mais importância para ele.

Como já percebi em algumas consultorias, descobrir quais são as motivações intrínsecas é muito mais difícil, porém, mais eficiente, pois uma vez que você conquista as necessidades e se alinha aos valores do profissional, chega a um ponto crucial do sucesso: sua felicidade.

Entenda a importância do personal branding nesse processo

Existem diversas aplicações para o personal branding quando nosso foco é o desenvolvimento e capacitação profissional.

Quando faço uma consultoria com o líder de uma equipe, por exemplo, trabalhamos seus diferenciais, forças e fraquezas. Então, ao final do processo, ele torna-se mais seguro na hora de comandar, transmite mais credibilidade e controle da situação.

Mas, se a ideia é trabalhar cada um dos colaboradores de um time com a consultoria em personal branding, então temos uma explosão de sintonia e capacidade colaborativa que permitirá cada um dos membros atingir o máximo de suas performances e satisfação profissional.

Ao focar na capacitação profissional do seu time, é importante saber que a inteligência emocional de seus integrantes também tem um importante papel no processo de aprendizagem, ou seja, precisa ser devidamente explorada para a garantia do sucesso.

Recomendo a leitura de um material que preparei sobre como desenvolver a inteligência emocional da sua equipe que tem uma abordagem bem prática e vai ajudar no entendimento desse assunto: “Como desenvolver a inteligência emocional da sua equipe e torná-la cada vez mais centrada.”

Agora, se você também gosta de acompanhar dicas sobre desenvolvimento de pessoas e ficar por dentro das oportunidades para consultoria de personal branding, precisa se conectar comigo no Instagram, aproveitar os conteúdos que envio no LinkedIn, e claro, acompanhar meu Facebook. Te espero por lá!

2 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] com a oportunidade de vivenciar coisas novas também: desenvolver hobbies, praticar esportes, fazer capacitações profissionais, aprender novos idiomas […]

  2. […] com a maneira como a sociedade percebe a empresa, como é vista a imagem da mesma e dos colaboradores, em saber se a cultura da empresa é reconhecida pelo público e […]

Os comentários estão fechados.